Solid - Corretora de Seguros

Blog Novidades, artigos e dicas para você

OUTUBRO ROSA: O CONHECIMENTO SALVA VIDAS

O diagnóstico precoce atua como um fator determinante no índice de mortalidade por câncer de mama.
OUTUBRO ROSA: O CONHECIMENTO SALVA VIDAS
Data da Publicação: 04/10/2019
Compartilhe:

Criado na última década do século XX, o Outubro Rosa é um movimento internacional cujo principal objetivo é conscientizar e envolver a participação popular na luta contra o câncer de mama. Uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) estimou quase 60.000 novos casos de mulheres com câncer de mama neste ano. O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo todo e a principal causa de morte por câncer na população feminina brasileira.

O câncer de mama é uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, formando um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns se desenvolvem rapidamente, outros não. A principal forma de aumentar as chances de tratamentos e cura é o diagnóstico precoce da doença ou seja, em suas fases iniciais.

É de extrema importância a mulher sempre observar suas mamas. O principal sinal da doença, que pode ser percebido pela própria mulher, é o nódulo mamário endurecido, fixo e geralmente indolor. Mas, é preciso também ficar atenta a outras mudanças, como alterações no bico do peito, pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço, saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos ou a pele da mama avermelhada.

Quando percebidos, esses sinais devem ser investigados por um médico especialista para que seja avaliado o risco de se tratar de um câncer. Uma estimativa revela que 30% dos casos de câncer de mama possam ser evitados quando são adotadas práticas saudáveis como a atividade física regular, a alimentação saudável, o consumo moderado de bebidas alcoólicas e a amamentação. Mulheres na faixa etária de 50 e 69 anos fazem parte do grupo de risco e como forma de prevenção, a Organização Mundial as Saúde recomenda a realização do exame de mamografia de rastreamento, que deve ser feito a cada dois anos.

Por muito tempo o câncer de mama foi considerado uma doença mutiladora e dificilmente tratável, mas hoje a doença pode ser diagnosticada precocemente e dispõe de tratamento e possibilidades de cura. A cirurgia conservadora da mama, por exemplo é menos mutilante, não implica na perda completa da mama, pois retira-se o tumor e uma parte de tecido sadio ao seu redor com margem de segurança, preservando o restante da mama. E o principal benefício dessa técnica é a qualidade de vida da paciente, com menor impacto psicológico para as mulheres, pois permite resultados estéticos mais satisfatórios sem comprometer a sobrevida.

Considerado difícil, o processo de tratamento da mulher com câncer de mama requer o apoio da família, amigos e grupos de autoajuda para fortalecer a paciente e ajudar em sua recuperação.

Outubro Rosa, a SOLID SEGUROS apóia esta causa.